A Bela e a Fera

Essa semana estrou nos cinemas brasileiros, uma releitura de um antigo clássico da Disney: “A Bela e a Fera”.

Personagens clássicos:

a-bela-e-a-fera

Filme de 2017:

download

Por sua história cativante, essa princesa sempre teve seu lugar de honra no mundo festeiro. E por voltar, mais uma vez em alta, nas telonas, torna-se um tema tendência desse ano.

Paleta de cores

Não podem faltar: amarelo, dourado, vermelho e azul royal.

festa-infantil-a-bela-e-a-fera-768x513.jpg

Mas nada impede que você mescle com cores de sua preferência, desde que, consiga harmonia na sua paleta.

festa-bela-e-a-fera-13.jpg

Personagens

Os personagens são um detalhe a parte que garante um encanto especial a sua decoração. Além da Bela e da Fera, a rosa tem todo uma simbologia especial no enredo, e deve ser elemento marcante na sua festa.

146316-emma-watson-vai-viver-a-personagem-950x0-1.png

Atriz que interpreta Bela na releitura de 2017 e a personagem do clássico.

6d8e897f148e2748fdb78f07713bb7f2

Não pode deixar de estar presente Madame Samovar, Chip, Lumiere, Horloge, Guarda roupa,  Fifi e o Descanso de pé.

Eles fazem uma diferença e tanto nos detalhes, podem ser usados como peças na decoração ou como elementos dos personalizados.

Caso não consiga encontrar especificamente os personagens, outras opções são molduras, quadros, castiçais e velas que ajudam a lembrar momentos e personagens importantes do filme.

Decoração

O importante de uma decoração são os elementos que remetem ao tema escolhido, não importa se será em um estilo clássico ou mais descontraído, as cores, os personagens e os elementos do filme bem trabalhados vão levar cada convidado a uma viagem pelo enredo da história, mesmo quem só ouviu falar será capaz de identificar em que universo se encontra.

Doces

Hoje os doces são um destaque a mais nas festas, não só por serem uma delicia, mas por serem personalizados tornam-se um diferencial.

Bolos

Chegamos ao destaque da mesa, o bolo deve falar por si, pois é a estrela principal do momento dos parabéns.

E se você precisa contratar serviço para convites, mimos personalizados e lembrancinhas, entre em contato com a KW MIMOS PERSONALIZADOS  (https://www.facebook.com/kwmimos).

OBSS: TODAS AS IMAGENS FORAM RETIRADAS DE SITES DE BUSCA. IDENTIFICOU O AUTOR DA FOTO, DEIXA O LINK NOS COMENTÁRIOS QUE TEREMOS O PRAZER DE MARCAR.

 

 

 

Anúncios

Páscoa

E se aproxima uma das datas mais doces do ano, no domingo 16 de abril de 2017, celebramos à Páscoa, uma comemoração do calendário Cristão, onde lembramos a crucificação e a ressurreição de Jesus.

Para marcar essa data dispomos de alguns símbolos representativos, por exemplo, o coelho da Páscoa, um dos principais símbolos desta festividade, faz referência as comemorações feitas pelos povos antigos durante o começo da primavera. Acreditava-se que o coelho era a representatividade da fertilidade e do ressurgimento da vida.

Outro simbolo bastante expressivo é o ovo, pois representa o começo da vida. Vários povos costumavam presentear os amigos com ovos (de galinha, gansa ou codorna), desejando-lhes a passagem para uma vida feliz. A partir deste costume, confeiteiros tiveram a ideia de fazer ovos com chocolate (melhor ideia do mundo 🙂 ), desde então, o costume não parou mais.

Pensando em quem vai preparar uma comemoração especial nesse dia, sendo preparando uma comemoração em família, um cantinho especial para o fim de semana ou até mesmo organizando uma caçada aos ovos com a criançada, é que nós trouxemos esse post inspiração.

Segue algumas ideias:

  • Decoração da casa
  • Mesa
  • Lembrancinha para convidados
  • Bolos e Doces

E quem tem um filhote que faz niver próximo a essa data pode investir pesado no tema, que não há perigo de errar.

Os elementos como o coelho, cenoura e ovos, não podem ficar de fora. O barato desse momento é combinar os elementos com o estilo da criança, como está em alta misturar tema você pode criar o Coelhinho skatista, Jardim Encantado do Coelhinho e por aí vai… O legal é que seus personalizados fique bem caracterizados com a combinação da sua escolha. Na mesa de doces, ovinhos de chocolate não podem faltar, afinal, qual criança ( adulto) não ama ganhar ovos de chocolate.

Trouxemos algumas imagens para te ajudar nesse processo de criação. Depois da sua ideia na cabeça, passe para o papel tudo que você vai precisar e comece a correr atrás de cada item, ter tudo a mão com antecedência vai facilitar o encaixe de cada peça no que você idealizou.

 

OBS: IMAGENS VIA PINTEREST

Moana

Com estreia no Brasil em 05 de janeiro de 2017, Moana – Um mar de aventura, a Disney apresenta sua nova princesa.

moana-fallback_fde4d101.jpeg

Te Fiti, uma deusa da ilha, criou toda a vida e se tornou uma ilha. O coração de Te Fiti, uma pequena pedra pounamu, foi roubado pelo semideus Maui apenas para ele encontrar o monstro de lava Te Ka, que fez com que seu anzol e o coração desaparecessem no oceano. Por causa do coração sendo roubado, as ilhas que Te Fiti criou foram amaldiçoadas.

Um milênio mais tarde, Moana Waialiki quando criança descobre o coração enquanto ela está coletando conchas perto do oceano.

maxresdefault

Depois que seu pai o chefe Tui ordena que ela volte para a aldeia, ela nunca mais vê o coração até que ela cresça. Moana, agora uma adolescente, tem a responsabilidade de se tornar a próxima chefe da ilha, por insistência do seu pai, mas devido à estreita amizade com sua avó Tala, mantém seu sonho de deixar a ilha viva. Ela logo descobre que todos os peixes desapareceram das praias da vila, e os cocos estão estragados. Moana insiste em ir além do recife para pegar mais peixes, mas seu pai desanima seu pedido, irritado por seus desejos. Sua mãe, Sina Waialiki, confessa que seu pai age assim por causa da perda de seu amigo mais íntimo, quando eles viajaram pelas águas implacáveis uma noite em sua juventude.

Tala encontra Moana na praia depois que ela tenta navegar além do recife apenas para naufragar de volta para casa, e mostra à Moana uma caverna secreta escondida atrás de uma cachoeira. Dentro estão os barcos à vela que seus antepassados criaram. Ao bater no tambor, ela descobre que eles eram viajantes. Então, Tala dá a Moana o coração de Te Fiti, depois de mostrar-lhe a maldição que drena a vida das árvores e da própria ilha, dizendo que é a única maneira de salvar seu povo. Ela vai até seu pai e fala o que Tala lhe disse, mas ele não acredita e vê isso como uma outra desculpa para ela sair da ilha.

Mais tarde, Tala está doente e é encontrada morrendo em seu leito. Nos seus últimos fôlegos, ela diz a Moana para ir salvar seu povo e lhe dá o colar usado para carregar o coração. Moana parte com um dos veleiros encontrados na caverna e com Heihei, um galo mudo que estava acidentalmente guardado no veleiro. Ela quer encontrar Maui seguindo uma constelação que parece seu anzol, mas uma onda vira seu veleiro e a bate inconsciente. Ela acorda na manhã seguinte em uma pequena ilha habitada por Maui, que aprisiona Moana em uma caverna depois de distraí-la. Ele rouba seu veleiro enquanto ameaça comer Heihei. Depois de escapar da caverna, o oceano envia Moana de volta ao veleiro para convencer Maui. Ela mostra-lhe o coração e pede-lhe para ajudá-la a devolvê-lo, mas Maui se afasta temendo que o coração seja uma armadilha para a pessoa que o carrega e que outras criaturas matariam para roubá-la pra si.

Imediatamente depois que Heihei come o coração durante um encontro com pequenos piratas pigmeus conhecidos como Kakamora. os Kakamora roubam Heihei forçando Moana a recuperá-lo, depois que Maui descobre sua incapacidade de navegar quando eles tentam escapar. Depois que Moana recupera Heihei dos Kakamora, Maui é capaz de impedir seus barcos à vela de colidirem uns nos outros e os três ficam ilesos. Maui concorda em ajudar a trazer o coração de volta para Te Fiti. Mas para fazer isso, ele precisa de seu anzol, que está escondido no Reino dos Monstros, com um caranguejo gigantesco chamado Tamatoa. Em seu covil, Maui mal recupera o anzol enquanto Moana distrai Tamatoa fazendo com que ele cante sobre si mesmo. Mais tarde, Maui e Moana escapam de sua toca e Tamatoa é deixado encalhado em suas costas em um último esforço para agarrar os dois. De volta ao veleiro, Maui fica deprimido por ser incapaz de mudar de forma com o anzol, mas decide finalmente ensinar a Moana a navegar, depois que o oceano entorpece seu traseiro com um dardo de sopro.

Moana descobre que Maui roubou o coração para uma aldeia que ele cuidou, uma vez que lhe foi dado seus poderes pelos deuses. Através de algum incentivo de Moana, Maui tem a força para mudar de forma com facilidade, conseguindo se transformar em um falcão. Os dois se tornam amigos enquanto ela aprende mais sobre como ser um escolhido pelo oceano. Eles chegam a Te Fiti onde Te Ka aparece e tenta destruí-los. Maui tenta lutar e diz para Moana ficar para trás. Ela ignora seu aviso, o que leva Te Ka a destruir parcialmente o anzol de Maui, danificando-o severamente e enviando-os para longe através do oceano. Com raiva, Maui deixa Moana encalhada, temendo que lutar com Te Ka destruirá permanentemente seu anzol. Ele voa para longe depois de dizer a ela que o oceano escolheu a pessoa errada para salvar o seu povo, que é algo que ela tem tentado descobrir o porquê.

Depois de tristemente dizer ao oceano para levar o coração para outra pessoa, Tala aparece em forma espiritual e a incentiva a descobrir quem ela é baseado no que ela aprendeu, o que ela viveu, quem ela conheceu e de onde ela vêem. Moana orgulhosamente percebe quem ela pretende ser dentro de si mesma e o que a define, e nada para recuperar o coração. Usando suas habilidades de escolhida pelo oceano, ela retorna a Te Fiti e consegue passar por Te Ka para levar o coração. Maui retorna também mudando o coração para distrair Te Ka. Moana, ao atingir o topo da montanha, percebe que a ilha se foi e que Te Ka é realmente Te Fiti sem seu coração. Ela pede ao oceano para limpar um caminho para que ela possa ter Te Fiti perto. Ela se conecta com Te Fiti e abre os olhos para mostrar o que ela se tornou. Te Fiti se acalma e deixa Moana restaurar seu coração que traz tudo, incluindo sua volta ao normal.

Te Fiti, agora totalmente restaurada e a maldição destruída, acredita que Maui deve ser deixado para pedir desculpas por suas ações, o que ele faz. Maui, em troca, é concedido um novo anzol e voa para se encontrar com seus aldeões. Antes de sair, Maui despede-se a Moana com um abraço, agradecendo a ela por tudo o que fez.

Moana retorna então a sua ilha, onde tudo volta ao normal e os aldeões retornam ao oceano, liberando os barcos da caverna escondida. Como a nova chefe, Moana coloca a pedra (uma concha que ela recolheu quando ela era pequena) na montanha mais alta, onde muitos chefes colocaram pedras para reivindicar sua liderança e parte com o resto dos moradores em busca de novas ilhas com Maui em sua forma de falcão.

Com esse enredo empolgante, cheio de aventura, juntamente com uma fotografia espetacular, Moana tornou-se um dos temas preferidos para festas infantis. E como não podia deixar de ser, trazemos esse post inspiração com várias ideias para você criar na festa da sua pequena guerreira.

Como a história se desenrola principalmente tendo o oceano como fundo, você pode usar uma paleta de cores nos tons azuis, verdes, alaranjados e terrosos. Juntamente com elementos que rementam a praia.

Abuse de elementos que lembre natureza e se a festa for na praia melhor ainda, aproveite o cenário e engradeça sua decoração. Esse tema casa perfeitamente bem com o tema tropical, fundo do mar ou pool party.

Agora é só dar asas a imaginação.

 

OBS; IMAGENS VIA PINTEREST.

 

Bastidor de bordado na sua festa!

Provavelmente você já viu em alguma época da sua vida, sua vó ou até mesmo sua mãe bordando com bastidores (aqueles conjunto de argolas de madeiras usadas para bordados manuais e industriais) e deve ter se aproveitado e brincado com eles.

Agora esses mesmos bastidores ganharam uma nova função no cenário da decoração de festas, desde o ano passado vem adentrando o mundo festeiro e continuam como forte tendência em 2017. Suas aplicações são as mais variadas possíveis: compondo o painel da mesa principal, pendurados ambientado um cenário da decoração, como porta recados ou um cantinho todo especial para os convidados tirarem fotos.

Os diferentes tamanhos, cores e tecidos são mais uma vantagem desse acessório, permitindo várias composições que agregam charme e elegância a qualquer decoração.

Ficam perfeitos em casamentos ou festas com estilo rústico, pois são adornos elegantes que dão um ar romântico e delicado.

A criatividade é o limite quando falamos de bastidores, bordados, rendas, flores, tecidos leves, com cores, mensagens variadas. Compondo um canto ou a decoração inteira. Tudo dependerá do seu estilo e do que você quer transmitir.

Use a criatividade e crie cenários incríveis na sua festa!

OBS: Todas as imagens foram retiradas de sites de busca.

Temas para aniversário – Parte 2

Como ainda temos muitos temas lindas e criativos, nada melhor do que dedicar outro post.

Se você não viu a parte 1, acesse: https://arteseeventos.wordpress.com/2017/01/26/temas-para-aniversarios/

Continuando mais 30 temas diferenciados

1. Spa

2. Maquiagem

3. Pintando o 7

4. Aquarela

5. Carrossel

6. Sereias

7. Fundo do Mar

8. Pirata

9. Náutico/Marinheiro

10. Paris e Paris Vintage

11. Chanel

12. Estrelas

13. Matrioska

14. Kokeshi

15. Ursinhos/Ursinhas

16. Ursinho Marinheiro

17. Bigode (homenzinho)

18. Monstrinhos

19. Dinossauros

20. Futebol

21. Esportes/Bolas

22. Espacial/Astronauta

23. Música

24. Balada

25. Neon

26. Parque de diversões

27. Tropical

28. Coração

29. Bailarina

30. Poás

OBS: Todas as imagens foram retiradas de sites de busca.

 

 

Temas para Aniversários

Escolher um tema quando os pequenos ainda não demonstram suas preferências, ou parecem curtir cada coisinha que passa na sua frente pode ser uma tarefa bem difícil.

Por isso, decidimos dedicar esse post para todos aqueles que ainda estão em dúvida e precisam de inspiração, ou estão simplesmente querendo fugir um pouco dos temas com personagens.

São 30 temas para você navegar e viajar na imaginação. Com a ideia em mente, é só variar  ou mesclar cores e elementos e criar aquela decoração só sua, para quem vai fazer o estilo ‘faça você mesma”. Para quem vai contratar uma equipe de decoração, a dica é: imprima as fotos e monte seu painel de inspiração, assim eles serão capazes de captar o seu desejo e criar algo especial para o(a) aniversariante.

  1. Chuva de Bençãos

2. Coruja

3. Joaninha

4. Borboletas

5. Passarinhos

6. Abelha

7. Coelhinhos

8. Jardim Encantado

9. Fadas

10. Picnic

11. Arco-íris

12. Praia

13. Surf (surfista)

14. Havaiana

15. Cataventos e Pipas

16. Brinquedos Vintage

17. Aviões Vintage

18. Carros Vintage

19. Trenzinho

20. Motos

21. Balões

22. Fazendinha

23. Cavalos

24. Cowboy

25.Floresta

26. Safari

27. Sorvete

28. Confeitaria

29. Doceria

30. Algodão doce

OBS: Todas as imagens foram retiradas de site de busca.

 

 

Halloween

O Dia das Bruxas é uma celebração observada em vários países, principalmente no mundo anglófono, em 31 de outubro, véspera da festa cristã ocidental do Dia de todos os Santos. Ela começa com a vigília de três dias do Allhallowtide, o tempo do ano litúrgico dedicado a lembrar os mortos, incluindo santos (hallows), mártires e todos os fiéis falecidos.

Acredita-se que muitas das tradições do Halloween originaram-se do antigo festival celta da colheita, o Samhain, e que esta festividade gaélica foi cristianizada pela Igreja primitiva. O Samhain e outras festas também podem ter tido raízes pagás. Alguns, no entanto, apoiam a visão de que o Halloween começou independentemente do Samhain e tem raízes cristãs.

Entre as atividades de Halloween mais comuns, estão festas a fantasia, praticar “doce ou travessura”, decorar a casa, fazer lanternas de abóbora, fogueiras, jogos de adivinhação, ir em atrações “assombradas”, contar histórias assustadoras e assistir filmes de terror. Em muitas partes do mundo, as vigílias religiosas cristãs de Halloween, como frequentar os cultos da igreja e acender velas nos túmulos dos mortos, permanecem populares, embora em outros lugares é seja uma celebração mais comercial e secular. Alguns cristãos historicamente se abstém de carne no Dia das Bruxas. (Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_das_bruxas)

halloween-02

Se analisarmos o modo como o Halloween é celebrado hoje, veremos que pouco tem a ver com as suas origens: só restou uma alusão aos mortos, mas com um carácter completamente distinto do que tinha ao princípio. Além disso foi sendo pouco a pouco incorporada toda uma série de elementos estranhos tanto à festa de Finados como à de Todos os Santos.

Entre os elementos acrescidos, temos por exemplo o costume dos “disfarces”, muito possivelmente nascido na França entre os séculos XIV e XV. Nessa época a Europa foi flagelada pela Peste Negra e a peste bubônica dizimou perto da metade da população do Continente, criando entre os católicos um grande temor e preocupação com a morte.

Multiplicaram se as Missas na festa dos Fiéis Defuntos e nasceram muitas representações artísticas que recordavam às pessoas a sua própria mortalidade, algumas dessas representações eram conhecidas como danças da morte ou danças macabras.

Alguns fiéis, dotados de um espírito mais burlesco, costumavam adornar na véspera da festa de finados as paredes dos cemitérios com imagens do diabo puxando uma fila de pessoas para a tumba: papas, reis, damas, cavaleiros, monges, camponeses, leprosos, etc. (afinal, a morte não respeita ninguém). Também eram feitas representações cênicas, com pessoas disfarçadas de personalidades famosas e personificando inclusive a morte, à qual todos deveriam chegar.

Na Idade Média, um costume do Dia de Finados era o souling (de “soul”, alma), em que crianças iam pedindo pelas portas um bolo, o “bolo das almas”, em troca do qual fazia uma oração pelos familiares falecidos de quem lhes dava o bolo. Essa tradição poderá ter evoluído para a tradição de pedir um doce, sob ameaça de fazer uma travessura (trick or treat, “doce ou travessura”), que teve possivelmente origem na Inglaterra, no período da perseguição protestante contra os católicos (1500-1700).

Nesse período, os católicos ingleses foram privados dos seus direitos legais e não podiam exercer nenhum cargo público. Além disso, foram lhes infligidas multas, altos impostos e até mesmo a prisão. Celebrar a missa era passível da pena capital e centenas de sacerdotes foram martirizados. Produto dessa perseguição foi a tentativa de atentado contra o rei protestante Jorge I. O plano, conhecido como Gunpowder Plot (“Conspiração da pólvora”), era fazer explodir o Parlamento, matando o rei, e assim dar início a um levante dos católicos oprimidos. A trama foi descoberta em 5 de novembro de 1605, quando um católico converso chamado Guy Fawkes foi apanhado guardando pólvora na sua casa, tendo sido enforcado logo em seguida.

Em pouco tempo a data converteu se numa grande festa na Inglaterra (que perdura até hoje): muitos protestantes a celebravam usando máscaras e visitando as casas dos católicos para exigir deles cerveja e pastéis, dizendo-lhes: trick or treat (doce ou travessuras). Mais tarde, a comemoração do dia de Guy Fawkes chegou à América trazida pelos primeiros colonos, que a transferiram para o dia 31 de outubro, unindo a com a festa do Halloween, que havia sido introduzida no país pelos imigrantes irlandeses.

Vemos, portanto, que a atual festa do Halloween é produto da mescla de muitas tradições, trazidas pelos colonos no século XVIII para os Estados Unidos e ali integradas de modo peculiar na sua cultura. Muitas delas já foram esquecidas na Europa, onde hoje, por colonização cultural dos Estados Unidos, aparece o Halloween enquanto desaparecem as tradições locais.  (Fonte: https://pt.wikipedia.org/wiki/Dia_das_bruxas)

330px-trick_or_treat_in_sweden

Hoje em dia deixou-se de lado as raízes cristãs e pagãs e ficou a essência da brincadeira. A fantasia, a decoração com elementos de monstros, esqueletos, fantasmas, com cores mais fortes como o preto, vermelho e o laranja. Tudo de uma forma mais descontraída e contemporânea.

Por isso, buscamos inspirações para essa data tão festiva.